Torna-se necessário colocar em prática a construção de Deus na vida dos jovens

    Amados filhos!
    Inicia-se o ano da terra de 1996. Vejo a humanidade totalmente absorta num consumismo materialista, que preocupa o Céu. Famílias criadas sob o poder do dinheiro, totalmente despreparadas para enfrentarem o desafio do novo milênio que se aproxima, são o celeiro de jovens que estarão no comando amanhã. Destrói-se a idéia de Deus no coração desses jovens, para que, desta ruína, seja levantado o caos.
    No ano da terra de 1917, deixei ao mundo um alerta sobre estes tempos, e pouco foi feito para que minhas palavras fossem levadas a sério.
    Torna-se necessário colocar em prática a construção de Deus na vida dessa juventude, antes que seja tarde demais.
    Vocês estão se deixando levar por conceitos errôneos, que visam unicamente distanciá-los da realidade, criando em torno de alguns privilegiados pelo poder terreno, uma paz sem consistência e conteúdo.
    É chegado o momento do ajuste de contas, e a justiça de Deus se fará presente, para que a terra seja purificada.
   Meus filhos, meus apelos à conversão são uma constante em minhas mensagens em todo o mundo, porque desejo vê-los purificados pelo arrependimento e pelo amor, e não pelo castigo que ronda esta geração.

    Obrigada por terem atendido ao Meu chamado.

 

    Comentário:
       Nesta primeira mensagem de 1996, Nossa Senhora deixa o tema do Evangelho do domingo anterior, para falar-nos na preocupação do Céu quanto à maneira como estamos levando nossas vidas e a de nossos filhos. Lembra que, em 1917, já havia alertado o mundo sobre este final de milênio, e pouco se fez para evitar a Justiça de Deus. Maria torna-se repetitiva, porque o castigo ronda nossa geração, e nós continuamos indiferentes. Passem uma vista de olhos pelas notícias do mundo e verão que Nossa Senhora está coberta de razão.